Listen to me


art, aesthetic, and couple image


É engraçado entrar aqui depois de tanto tempo, e ver que desde a ultima postagem a minha vida mudou de uma forma tão drástica. E não somente a vida, eu me incluo nessa mudança. Os fatores que nos fazem mudar são em maioria sempre ruins, a dor de perder coisas que me eram queridas me tornou mais fria em relação a tudo. Não que hoje eu seja um coração de pedra, mas não confio mais como já confiei, não espero mais nada além de decepção. É triste que as coisas tenham tomado tal rumo, mas me sinto mais segura assim.
É também bem engraçado como depois de um tempo na faculdade você pensa melhor no que quer para sua vida. No inicio do ano, eu não tinha ideia do que queria fazer em relação ao meu futuro, mas agora estou começando a pensar com muito mais clareza, só que teria facilitado muito se essa iluminação tivesse chegado mais cedo, é uma época de confusão.
No mais, continuo com meus dilemas. Agora o mais perturbador de todos é o referente a minha idade. Antes de completar 18 eu me achava imortal. Sério. Eu nuca havia pensado sobre envelhecer e morrer. Eu sei que é cedo pra me preocupar com isso, mas mesmo assim não sai da minha cabeça. E esses pensamentos me deixam com muita pressa, de estudar, viajar e aproveitar a vida. Pensar é um saco as vezes.
~ I just had a change of heart

Comentários

  1. É exatamente nessa faixa da vida que as coisas começam a se encaixar e fazer um pouco de sentido, por mais sem sentido q a vida seje

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Fated to Pretend

It's hard to say