No where

black swan, natalie portman, and ballet imageEu penso que no fundo todas as pessoas se acham especiais. Se você perguntar para alguém "Você se acha normal?" a resposta mais óbvia é não, eu não me acho normal. Talvez no fundo você tenha a ilusão que é mais inteligente, que talvez saiba oque é certo e oque é errado. Eu sei disso porque pensei assim por alguns anos, pois sempre achei que a maioria das pessoas são estúpidas e rasas, não que elas não sejam, na verdade elas são assim. Mas oque me surpreendeu de um tempo pra cá foi um pensamento curioso de que talvez eu fosse uma dessas pessoas, porque ao me achar tão superior intelectualmente, eu possa ter perdido o senso de auto-crítica.
O quê eu faço de diferente de todo o resto? nada, Essa resposta me atormenta tanto, porque não fazer nada me torna igual a elas. Eu gostaria de poder mudar minha realidade, me tornar alguém diferente, fazer algo pelo mundo, Apesar de gostar (como todos) de uma vida confortável, o meu presente e futuro me incomodam. Eu não quero uma vida normal e eu não quero viver normalmente por toda a minha vida porque depois de admitir que sou normal pude enxergar o quanto isso me destrói.
Eu me lembro das palavras do Gaara (sim, eu uso Naruto como inspiração, foda-se) onde ele diz para o Naruto (eu acho?) que não ter objetivos é o mesmo que estar morto, e isso é a coisa mais certa que existe. Eu passei algum tempo desse ano e do ano passado sem motivos para viver, e isso acabou comigo mentalmente. Eu queria ter um motivo, mas quando eu pensava "Eu posso estudar, me formar, ter um trabalho, casa e família" e assim as minhas esperanças de vida diminuíam muito. Sim, eu sei que esse é objetivo de quase toda a sociedade e que é o único futuro que eu posso seguir. Mas isso é tão chato, tão sem sentido, tão inútil, é fadado apenas a sobrevivência e vitória pessoal. Eu queria mais, eu queria algo que fizesse sentido, algo que me conquistasse.
Eu sempre quis sair da minha zona de conforto, poder sentir o mundo, poder ver as coisas como elas são e poder me libertar do que ainda nos faz ser egoístas. Sinto que agora eu posso começar, mas não sei por onde, eu tenho responsabilidades e expectativas, eu tenho muito com oque lidar e sinto que a minha vida vai durar pouco tempo.
Eu quero mais tempo pra poder achar um sentido para a minha vida, pois nada do que é normal me satisfaz. Eu quero mais tempo para viver e eu preciso achar um jeito de não estragar tudo.

"Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe." - Oscar Wilde

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fated to Pretend

It's hard to say

Listen to me